Cobruf Rockets 2017


A competição de foguetemodelismo mais avançada do mundo. Venha fazer parte desta jornada e venha voar mais alto!

Inicie a contagem regressiva

Prepare-se para decolar


A Cobruf Rockets 2017 será a primeira competição de lançamento de foguetes avançados de alta potência do Brasil. Em parceria com o CLBI, um dos mais bem localizados centros de lançamento do mundo, faremos deste evento um marco na história espacial brasileira. Inscreva-se e faça parte!

MODALIDADES

MODALIDADES


Lançamento, Voo e Captura

A modalidade Lançamento, Voo e Captura (LVC) da Cobruf 2017 possibilitará que até três equipes lancem seus foguetes visando apogeu de 3 km de altitute. Duas destas equipes serão convidadas por terem sido as vencedoras do Quadro Geral da Cobruf Beta. A terceira equipe será aquela que apresentar a realização de dois ensaios estáticos bem-sucedidos, entregar o melhor projeto crítico do foguete e cumprir com os requisitos de segurança da COBRUF e do CLBI. Nesta modalidade, as equipes serão incentivadas a integrar seus foguetes e missões a infraestruturas de lançamento profissional do CLBI, incluindo seu Centro de Controle, seu Sistema de Ignição e sua Estação de Telemedidas – a qual compõe parceria do CLBI com a Agência Espacial Europeia (ESA) para rastreamento de foguetes Ariane, Vega e Soyuz.

Propulsor

A modalidade Propulsor (PROP) da Cobruf 2017 irá focar na avaliação de sistemas propulsivos quanto a sua eficiência, confiabilidade, capacidade de reutilização, economia de recursos, adequabilidade à arquitetura de sua missão e segurança. Todas as equipes poderão participar, enviando um vídeo de no máximo 3 minutos das operações de testes estáticos de seus motores, via link do Youtube, e um relatório de no máximo 15 páginas, descrevendo seu sistema, sua operação e as análises realizadas. As equipes participantes deverão apresentar presencialmente seus motores descarregados em estandes durante o evento, acompanhados de um pôster próprio. Poderá ser exigido às Equipes a comprovação do cumprimento de requisitos de segurança nos testes estáticos.

Computacional

A modalidade Computacional (COMP) da Cobruf 2017 irá exigir das Equipes que projetem o maior número de aspectos de suas missões no campo teórico e virtual, tendo a engenharia dos modelos, das simulações e das previsões computacionais de seus foguetes avaliadas. Apenas as Equipes que participarem desta modalidade poderão concorrer, por meio do Quadro Geral de Pontuação, a serem convidadas a realizarem lançamentos próprios pela modalidade Lançamento, Voo e Captura na edição subsequente da Competição Brasileira Universitária de Foguetes.

Ensino Médio

A modalidade Ensino Médio (EM) irá focar nos lançamentos de mini-foguetes em busca do maior apogeu. Cada equipe terá direito a até dois lançamentos e duas abortagens. Os foguetes deverão transportar como carga útil um altímetro de especificações a serem determinadas pela COBRUF. Equipes que inscreverem, facultativamente, no mínimo 2 integrantes de Ensino Médio receberão bônus significativo em suas pontuações da modalidade, tal que qualquer manipulação pirotécnica deverá ser supervisionada presencialmente por integrante universitário. Os motores deverão ser comerciais, certificados e de classe E. Pôsteres próprios deverão ser apresentados em estandes

Trabalhos Científicos

A modalidade Trabalhos Científicos (TC) da Cobruf 2017 estimulará as equipes a desenvolverem minisatélites, do tipo CanSat, que possam ser transportados como carga útil em seus foguetes. Serão avaliados os testes realizados previamente pelas equipes e sua apresentação do potencial da tecnologia para aplicações na indústria espacial brasileira. Todas as equipes poderão participar, enviando um trabalho científico (paper) de no máximo 8 páginas, que descreva o sistema, suas funcionalidades e as análises realizadas. As equipes participantes deverão apresentar seus CanSats e pôsteres em estandes durante o evento.

INSCREVA-SE